A Medicina Chinesa se baseia na teoria dos 5 elementos que tende a classificar os sistemas de órgãos específicos e a energia de seus meridianos, de acordo com suas associações metafóricas com os cinco elementos da natureza: fogo, terra, metal, água e madeira.

Os antigos pensadores chineses sentiam que os relacionamentos entre os elementos fundamentais da natureza se refletiam nos relacionamentos entre os sistemas de órgãos do corpo.

Assim, de acordo com essa visão, os desequilíbrios nos meridianos e as perturbações na energia (Chi ou Qi), são causados por exposição a condições ambientais extremas, bem como por desequilíbrios em certas condições internas. 

Esses elementos precisam estar em quantidades adequadas para haver um equilíbrio e a harmonia do organismo.

Tudo isso é observado através de uma avaliação bem minuciosa, contando também com a análise da língua e do pulso, para podermos identificar ao certo como está a harmonia entre os elementos em cada indivíduo.

O Elemento Fogo é responsável por ativar e promover a circulação do Qi, que por sua vez promove a circulação do sangue. 

Os órgãos envolvidos nesse elemento são: Coração, Intestino Delgado, Triplo Aquecedor e Pericárdio.

Na concepção da Medicina Tradicional Chinesa, o Coração armazena a mente (Shen), sendo então, o governante do corpo e a morada da mente. 

O Coração abre-se na língua e manifesta-se na face, locais em que avaliamos suas condições energéticas.

O Intestino Delgado é o seu acoplado, o Pericárdio protege o coração e o Triplo Aquecedor, trabalha distribuindo o Qi para os nossos órgãos, divididos pelo tronco.

As emoções envolvidas nesse elemento, são: alegria descontrolada, euforia, histeria e alguns tipos de ansiedade.

Traçando um paralelo com os Florais de Bach, podemos pensar em algumas essências, como por exemplo:

  • Vervain – que é um floral indicado para pessoas muito entusiasmadas, as vezes até eufóricas, podendo agitar as pessoas ao redor. Esse floral, promove bastante relaxamento e serenidade, acalmando o fogo em excesso.
  • Agrimony – que atua em pessoas que escondem dores profundas, atrás de uma fachada de alegria e despreocupação, se mostrando muito extrovertidas e animadas. Esse floral age fazendo a pessoa se deixar ser ela mesma, alcançando paz interior e alegria verdadeira e equilibrada.
  • Impatiens- indicado para pessoas com bastante energia, impacientes, que se incomodam com o ritmo lento dos outros. Essa essência, atua trazendo leveza e paciência.
  • Cerato – gosto dele nesse caso, pela conexão com a intuição que ele proporciona. O Coração nos conecta à voz da nossa alma e saber ouví-la, o harmoniza.

O Elemento Terra se caracteriza pelo desenvolvimento físico e energético do corpo e pelo intelecto.

Os órgãos envolvidos nesse elemento, são: o Baço-Pâncreas (que para a Medicina Chinesa, agem juntos) e o Estômago.

Suas funções são a de transportar e transformar os alimentos em energia (Qi), para que possamos usá-la a nosso favor, como se fosse a reposição de um combustível.

É possível avaliar as condições do Baço-Pâncreas, através da boca e dos lábios, além de também podermos avaliar pelo pulso, língua e as queixas relatadas pelo paciente.

O Baço-Pâncreas abriga o nosso pensamento, nos ajudando com nossa memória, concentração e intelecto.

Nos alimentar corretamente, sem exageros e seguindo os horários das refeições, nos ajuda a fortalecer bastante o elemento Terra.

A emoção envolvida nesse elemento, é a preocupação, que gera o pensamento excessivo, debilitando bastante a energia desses órgãos, nos deixando cansados, desgastados, sem concentração e com a memória afetada.

Alguns florais de Bach que poderíamos usar aqui, podem ser:

  • White Chestnut: ameniza o excesso de pensamentos, que as vezes até nos impede de dormir. São pensamentos perturbadores e insistentes.
  • Olive: nos proporciona vitalidade, quando estamos exaustos fisicamente ou mentalmente. Dá um “up” após grandes desgastes.
  • Hornbeam: indicado para quando o cansaço é tanto, que dá preguiça de levantar pela manhã, faltando entusiasmo para seguir o dia.
  • Clematis: indicado para nos trazer para o presente, dando foco e concentração para nossos pensamentos.

O Elemento Metal, é composto pelo Pulmão e pelo Intestino Grosso.

A função do Pulmão é a de governar o Qi e a respiração, formando energia através das trocas gasosas, para descendê-la pelo organismo.

Relaciona-se à pele, tanto com o objetivo de proteção e defesa de invasores externos, como também dispersando os fluidos corpóreos para a mesma, através da sudorese, umedecendo-a e regulando a abertura e o fechamento dos poros.

Logo o Pulmão tem uma relação direta com a imunidade devido a esse sistema de proteção do corpo.

O Intestino Grosso tem como principal função a reabsorção de fluídos necessários para o corpo e a excreção do que é impuro e não nos serve mais.

A emoção envolvida nesse elemento, é a tristeza e a angústia, que acaba por prejudicar a função de movimentação energética do Pulmão, potencializando o desequilíbrio e gerando mais tristeza.

Alguns florais que poderíamos pensar para esse elemento, podem ser:

  • Mustard- Indicado para quem sente tristeza e angústia, que aparecem de forma oscilatória. Proporciona estabilidade emocional e mais alívio e conforto para esses quadros.
  • Gorse- Para pessoas que perderam as esperanças, levando-as a um desânimo tão grande que se resignam.
  • Gentian- Para pessoas que desanimam frente a obstáculos ou dificuldades, perdendo a vontade de agir. Esse aspecto negativo, traz bastante frustração e angústia.
  • Sweet Chestnut- Indicado para pessoas com angústia e tristeza extrema, ao ponto de não enxergar saída para alguma situação. Esse floral proporciona um acalento para esse momento.

O Elemento Água, é responsável pela concepção, crescimento e desenvolvimento.

Os órgãos envolvidos nesse elemento, são: Rins e Bexiga.

A principal função desse elemento é metabolizar e distribuir a energia ancestral, advinda dos pais e fornecida ao filho no momento da concepção, chamada de energia pré-celestial, portanto não pode ser reposta e vamos perdendo-a ao longo da vida, logo o envelhecimento também é regido por esse elemento. 

Além dessas funções, os Rins controlam a medula, que é a matriz energética que abastece o cérebro e atua nos ossos. 

Os Rins também ativam a nossa Força de Vontade.

A Bexiga, tem a função energética de receber parte dos líquidos orgânicos a fim de realizar o último processo de purificação, separando a parte “pura” da “impura”, e assim, sendo eliminada.

A emoção atribuída a esse elemento quando em desequilíbrio, é o medo e a insegurança.

Os florais de Bach que podemos pensar nesse caso, são:

  • Mimulus- Atua nos medos conhecidos, proporcionando coragem e enfrentamento.
  • Aspen- Atua nos medos desconhecidos, ajudando a clarear o que está inconsciente.
  • Rock Rose- Para medos mais intensos, gerando fobias e pânico. Traz equilíbrio e centramento.
  • Larch- Atua na falta de confiança em si mesmo e em inseguranças.

O Elemento Madeira tem como força dinâmica, harmonizar o fluxo livre e suave de todas as energias. 

A Madeira possui a força e a determinação do crescimento (expansão, mudança e criatividade).

A energia do elemento Madeira, traz o novo, é a idéia que surge de repente e que nos enche de ânimo para irmos em uma nova direção.

Os órgãos do Elemento Madeira são: o Fígado e a Vesícula Biliar.

O Fígado tem como função, armazenar o sangue e assegurar o movimento suave do Qi para os outros órgãos. Portanto, o fluxo natural da energia e do sangue dependerá de um bom funcionamento deste órgão.

Ele controla os tendões e se manifesta nas unhas.

A Vesícula Biliar, além de armazenar a bile, tem uma função comportamental muito importante, que envolve a capacidade de tomar decisões e nos proporcionar a habilidade de planejar.

O sentimento que afeta o elemento Madeira, é a raiva. Qualquer tipo de bloqueio ou repressão tanto física como emocional ou mental, impedirá a livre circulação do Qi nestes órgãos. 

Para esse caso, os florais de Bach mais indicados podem ser:

  • Holly- Indicado para pessoas que possuem muita raiva e não conseguem lidar com a frustração. A energia desse floral ajuda a abrir o coração e promove a compaixão.
  • Beech- Indicado para pessoas críticas e intolerantes com os outros, promovendo aceitação e compaixão.
  • Vine- Para pessoas rígidas demais, pessoas que querem impor sua vontade por todos os meios e enfrenta problemas relacionados à poder e autoridade.
  • Rock Water – Para excesso de exigência consigo mesmo. Rigidez moral e negação de suas necessidades, flexibilizando mais suas ações.

Aqui são algumas sugestões de florais de Bach, mas existem outras possibilidades, principalmente pensando que cada pessoa é um universo à parte, sendo então de bastante importância a avaliação de um profissional para determinar a essência adequada para o momento específico do paciente.