“Paciência é o intervalo entre a semente e a flor.”
                         Ana Jácomo

É com essa frase, que hoje venho falar um pouco sobre o tempo de um processo terapêutico.

Um tratamento terapêutico, visa a conscientização de comportamentos condicionados por muito tempo, e a desconstrução diária desses comportamentos, através é claro, do desejo do paciente em fazer parte desse movimento.

Percebe que mexer no que já está cristalizado, algumas vezes (e na grande maioria), há muitos anos, é algo que deve ser muito lento, gradual e respeitoso?

É natural, que o paciente, ao buscar auxílio terapêutico para questões físicas e/ou emocionais, queira que a resolução do desconforto seja rápida. Afinal, quem quer ficar se sentindo incomodado?

Porém, é muito importante pensar que existe um passo a passo, sutil e que deve ser respeitado, para que a consciência do tratamento vá sendo assimilada e recebida por esse corpo que muitas vezes, no silêncio, está lá dentro se reconstruindo em novas posturas e atitudes, para que haja a mudança do padrão que gera o desconforto.

Falo isso, porque vejo que muitas vezes, falta paciência no processo, impedindo a continuidade do tratamento, por não haver mudanças grandiosas e visíveis acontecendo a cada sessão.

Uma intervenção terapêutica, acontece gradualmente, as vezes, sem fazer muito alarde, podendo nos fazer acreditar que não está acontecendo nenhuma alteração.

Mas aí, de repente, em algum momento, algo é notado…um alívio, uma percepção nova, uma sensação de conforto diferente ou uma nova forma de enxergar as próprias condições.

E aí que volto na frase inicial, ninguém está vendo a semente embaixo da terra brotar para virar flor…a gente não fica cavando, para ver se já brotou, mas colocamos a semente, molhamos e esperamos acontecer, dando o cuidado diário e necessário para que ela siga o curso de desenvolvimento dela.

Existe um tempo para isso.
Assim como nós também, precisamos de um tempo para um florescimento terapêutico.

Esperar a flor brotar, é uma surpresa muito agradável e especial, que garanto que vale a pena aguardar.